sexta-feira, 27 de julho de 2012

A mulher que comeu o mundo


Espetáculo “A mulher que comeu o mundo”, da Usina de Trabalho do Ator, de Porto Alegre (RS), que está circulando por todas as regiões brasileiras através do Prêmio Myriam Muniz, da Funarte, se apresentará em Xapuri amanhã, dia 28 de julho, às 18h30min, na Praça São Gabriel.

Sinopse


Numa pequena cidade, um célebre e rico ladrão, pai de uma moça gorda, morre. Ela era filha única, vivia isolada do mundo e, sem o pai, nada sabia fazer. Tamanha é a dor em seu coração que a moça esfarela o pai e o come, para tê-lo para sempre consigo.

E não sabendo mais o que comer sai e pede aos vizinhos que ao perceberem que a mulher não conhece o valor do dinheiro e está disposta a trocar toda a fortuna herdada por comida, bajulam-na em troca de suas riquezas. Tentando saciar seu apetite insaciável, a gorda inicia sua busca infindável por comida.

Eis o mote desse espetáculo que brinca com a metáfora da gorda relacionada à ganância e a busca desenfreada pelo poder. Revela também a ridícula condição humana de querer a permanência, a posse das coisas, e por isso lutar, dominar e matar.

Ficha técnica

Elenco: Celina Alcântara, Ciça Reckziegel, Lívia Dávalos (substituindo Dedy Ricardo), Gilberto Icle, Gisela Habeyche, Thiago Pirajira.
Figurino e Adereços: Chico Machado
Música: Flávio Oliveira
Preparação Vocal: Marlene Goidanich
Iluminação e contra regra rua: Shirley Rosário
Direção: Gilberto Icle
Produção: Anna Fuão

A foto é de Myra Gonçalves.
Mais informações podem ser acessadas no site do Grupo clicando aqui

Nenhum comentário: