Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2017

Casa de Chico Mendes é reaberta

Imagem
Ele defendeu os povos da floresta nas décadas de 1970 e 1980 e tornou-se um símbolo da resistência e da preservação ambiental. A icônica casa onde morou e foi assassinado o seringueiro Chico Mendes recebeu reforço na sua preservação e conservação e foi reaberto no último dia 27 de junho, em Xapuri (AC). Tombada desde 6 de novembro de 2007, a Casa, localizada na Rua Batista de Moraes, passou por obras de restauração que custaram R$ 118.000,00. As intervenções no bem tombado foram aprovadas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que contratou o projeto de restauro em 2014. A ação foi interrompida por conta de uma enchente, no início de 2015, quando a Casa ficou parcialmente submersa. Após a licitação, ainda em 2015, o Iphan decidiu por iniciar a obra após o fim do inverno amazônico, período chuvoso que vai de dezembro a abril, para evitar uma nova alagação durante os trabalhos.

O Iphan fez um inventário dos bens móveis e publicou a Portaria nº 134/2016, que …

Casa de Chico Mendes - Reinauguração

Imagem
A Superintendência do Iphan e a Fundação de Cultura Elias Mansour tem a honra de convidá-los para a cerimônia de Reinauguração da Casa de Chico Mendes, que será realizada às 14h do dia 27 de junho de 2017, na própria Casa, situada à Rua Batista de Moraes, nº 10, Setor 1, Distrito 1, Lote 290, centro de Xapuri.
A Casa de Chico Mendes, por seu valor histórico para a história do Acre e do Brasil devido a ter sido a residência e local da morte do líder seringueiro Francisco Alves Mendes Filho, foi tombado como patrimônio histórico pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em 17 de outubro de 2011, com a sua inscrição no Livro do Tombo Histórico em sob n° 596, folhas 10 a 11, volume III (Processo de Tombamento nº 1.549-T-07). Devido à cheia do Rio Acre em 2015, a Casa precisou passar por um processo de restauro profundo, cuja obra foi concluída em fins de 2016.
Considerando assim, a vital importância da reabertura deste espaço de memória do estado do Acre, …