São Sebastião: Como surgiu a devoção em Xapuri

110 anos depois e a Festa de São Sebastião continua sendo acompanhada por milhares de pessoas
Os depoimentos colhidos através de relatos antepassados dão conta de que, no dia 20 de janeiro de 1902, um grupo de cerca de 100 pessoas realizou a primeira procissão de São Sebastião, no povoado de Xapuri.

A época era de conflito armado entre tropas da Bolívia e seringueiros do Acre, o que levou aqueles fiéis a recorrerem às forças da fé, colocando seus receios e anseios nas mãos de São Sebastião.

No dia 06 de agosto de 1902, Xapuri é retomado por Plácido de Castro e seus homens, dominando o intendente Juan Dias Barriento e seus antessessores. E a Vila Mariscal Sucre volta a ser Xapuri das tradições brasileiras.

Daí por diante a festa foi acontecendo, crescendo e transformando-se no mais importante acontecimento de nossa cidade.

O "Vinte", como passou a ser denominado, tornou-se, além do mais, um momento de orações e romarias.

E a imagem que é vista pelos devotos chegou na cidade entre 1910 e 1912, vinda da Itália, oferta do Dr. Epaminondas Jácome, cultuada por pessoas vindas dos mais diferentes lugares.

Esse é a 110ª Festa de São Sebastião, cultura viva do patrimônio imaterial - e religioso - da Princesinha do Acre.

Adaptado do novenário da 110ª Festa de São Sebastião.

Ilustração: Banner produzido pela Prefeitura Municipal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Dia Internacional da Animação 2015