quinta-feira, 26 de abril de 2012

A Castanheira





Foto de Alécio César.

Capacitação Museológica


Funcionários passam por curso de capacitação
Nos dias 16 e 17 de abril realizou-se, em Xapuri, curso de capacitação para os funcionários dos Espaços de Memória Chico Mendes e do Museu do Xapury, ministrado por Liberalino Alves de Souza, Chefe do Departamento de Patrimônio Histórico da Fundação de Cultura e Comunicação Elias Mansour (FEM).

Dentre os conteúdos expostos e debatidos nos dois dias estavam: paleontologia, geologia, história do Acre, povos tradicionais da floresta, ocupação do Acre e ciclos da borracha, avanço da pecuária, destruição da floresta e meio ambiente, o ícone Chico Mendes, empate e guiamento/atendimento a público.

O objetivo foi dar início a um processo de formação continuada, qualificando os agentes responsáveis pelo trabalho em instituições museológicas do município, fornecendo instrumentos que possibilitem a percepção da amplitude e especificidade do trabalho realizado, melhorando os serviços ofertados aos visitantes de tais espaços.

Livros e arquivos digitais sobre as temáticas abordadas foram deixados aos guias estagiários de exposição de museu para que a formação, de fato, seja contínua, mesmo sem a presença do mediador.
Segundo Liberalino, a instituição museológica é formada por diversos profissionais, mas quem está a frente, recebendo e guiando o visitante é o guia, sendo, portanto, o principal elo de caracterização dos museus e, por isso mesmo, devendo estar sempre lendo e se preparando.

Outras fases do programa de capacitação devem acontecer ainda esse ano.

Foto:
*Liberalino (Libério) com os guias - de Caticilene Rodrigues.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

101 anos de escotismo no Brasil


A comemoração dos Escoteiros de Xapuri

Por José Pereira

Os escoteiros de Xapuri comemoraram os 101 anos de escotismo no brasil com um acampamento no Parque Ecológico Ayshawa, nos dias 20, 21 e 22 de abril, gentilmente cedido pelo senhor Vitor Toledo Pontes, proprietário do local.

Na oportunidade, foram desenvolvidas várias atividades relativas ao escotismo como provas na floresta, fogo de conselho, e peças de teatro improvisado pelas patrulhas de escoteiros, sob o comando do chefe Odahil Cardoso e sua equipe.

Tivemos a importante participação do chefe João e sua equipe da capital, assim como treinamentos com uma equipe do corpo de bombeiros e uma palestra sobre prevenção às drogas com o PROERD, da polícia militar de Xapuri.

Na parte da alimentação, tivemos a colaboração de alguns pais de escoteiros, que participaram ativamente das atividades.


A estadia no parque se deu na mais perfeita harmonia o que nos leva a crer que quando cada um faz a sua parte com prazer e dedicação, podemos contribuir para o desenvolvimento de nossos jovens, almejando prepará-los para um futuro mais digno e justo. Para a realização do encontro, contamos com a parceria da prefeitura municipal de Xapuri, Polícia Militar, Corpo de bombeiros de Brasiléia e Pousada Ayshawa, além dos pais dos escoteiros.


Fotos:
*1 - Equipe dos chefes de escoteiros de Xapuri e de Rio Branco;
*2 - Comandante dos bombeiros ministrando uma palestra;
*3 - Escoteiros competindo na selva;
*4 - Equipe de chefes de escoteiros de Xapuri, 2 escoteiros e  representantes do PROERD.

Placas refletivas passam a ser obrigatórias em veículos novos

Exigência entrou em vigor desde o último dia 23
O uso obrigatório das placas refletivas em veículos novos passa a vigorar na próxima segunda-feira, 23, nas vias públicas de todo o país. A alteração também será exigida aos proprietários que solicitarem a transferência de seus carros e motos para outro município ou unidade federativa.
Adotada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), por força da resolução 231/07, a medida tem como objetivo garantir a segurança dos condutores, uma vez que a película que reveste as placas permite uma maior visibilidade aos automóveis e motocicletas, reduzindo as chances de acidentes.
A diretora-geral do Detran, Sawana Carvalho, diz que as novas placas, nas situações de visibilidade comprometida, como chuva forte e neblina, possibilitam a melhor visualização dos condutores aos veículos da frente. “Elas também vão facilitar a identificação dos veículos por parte da autoridade de trânsito, em especial no período noturno”, salienta.
A resolução dispõe que a película deve cobrir integralmente a superfície da placa, sendo flexível e com adesivo sensível à pressão. Previa ainda que a mudança fosse feita em janeiro deste ano, mas o Contran decidiu prorrogar o prazo para o mês abril, entendendo que a medida era necessária para a adaptação dos proprietários de veículos.

As informações são de Igor Martins, assessoria de imprensa do DETRAN/AC.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

A história de Chiquinho

No dia nacional do livro infantil (18/04) nada melhor do que lembrar de histórias que marcam não apenas a infância mas nossa própria identidade.
Assim, a indicação de livro infantil é "A história de Chiquinho", que conta a história de Chico Mendes e seus companheiros, todos crianças, na luta em favor da floresta.
Com texto de Walquíria Raizer e pesquisa da jornalista Charlene Carvalho - além das ilustrações de Ziraldo - O livro tem o objetivo de levar para as crianças brasileiras a luta do seringueiro Chico Mendes.
O livro foi lançado no Acre em 2009 e pode ser adquirido em Xapuri na Fundação Chico Mendes.

Ilustração: Divulgação.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

“Quintais Literários” vai a workshop em São Paulo


Do blog Xapuri Agora! - do jornalista Raimari Cardoso.

O workshop “Por um país de leitores: mobiliza Brasil!” se realizará em São Paulo, no dia 11 de abril de 2012. Clenes Guerreiro, idealizador do projeto Quintais Literários, finalista do Prêmio Viva Leitura 2011, é um dos convidados do evento.

A iniciativa xapuriense é uma evidência de que mesmo com poucos recursos financeiros e sem espaço adequado se pode criar práticas de incentivo à leitura, através do processo lúdico da contação de histórias e do teatro.

Por meio de um debate ampliado, com a mobilização e articulação de profissionais de todas as regiões do país, representantes da gestão pública, fundações e instituições empresariais, organizações não governamentais e grupos informais, entre outros, esse encontro tem como objetivo potencializar uma mobilização social sobre a questão da leitura no Brasil.

Todos os participantes foram indicados, uma vez que o evento é direcionado apenas a convidados que tenham alguma representatividade na área artístico-literária em seus locais de origem, contribuindo para a construção de um país de leitores.

Os temas que nortearão o workshop serão pautados em dois eixos: Democratização do acesso à leitura - tema que será debatido na parte da manhã – e Experiências de incentivo à leitura – tema que será debatido na parte da tarde.